maio 2, 3, 4 e 7

Workshop#1

Escolas Animadas

Formador | Graça Gomes | Cineclube de Viseu

Introdução

A atividade Escolas Animadas consiste na realização de oficinas, propondo uma experiência prática de iniciação ao cinema de animação. Pretende-se assim, utilizando a “Pixilação” como instrumento lúdico e pedagógico, i) possibilitar o acesso à experimentação do cinema de animação a um público infanto-juvenil, desconstruindo esta forma de arte como produto visualizado, através da construção, pelos participantes, de pequenas sequências animadas; ii) proporcionar um contacto interativo com o cinema de animação e o vídeo, trabalhando áreas pedagógicas como a expressão corporal, o trabalho de equipa e a criatividade.

Metodologia

Cada oficina estrutura-se da seguinte forma: . Introdução (apresentação, explicação sumária do que é a animação e visualização de exercícios feitos por outros alunos). Execução de dois a três exercícios em grupo (utilizando a técnica da pixilação) . No final de cada exercício, a visualização do trabalho feito possibilitará uma melhor compreensão da técnica e do movimento animado. Cada aluno poderá guardar o resultado final na sua pendrive.

Stop Motion

A Pixilação ou Stop Motion (animação do corpo humano e de objetos) é uma técnica de cinema de animação que utiliza objetos e personagens reais que irão ser filmados a uma imagem de cada vez. Deste modo, é possível recriar movimentos absurdos, ilógicos, ou a uma velocidade totalmente irreal. Permite usar o corpo humano como objeto animado, sendo mais imediata a concretização de movimentos e a visualização dos exercícios filmados (o que não é possível noutra técnica de animação) e associa em si diferentes artes (o Cinema, a Animação, o Teatro, a Expressão Corporal e as Artes Plásticas), o que a torna particularmente estimulante e adequada a um contexto pedagógico.

Destinatários

Alunos do 1.º ao 3.º Ciclo do Ensino Básico/ Número de alunos por Oficina: 12 alunos (mínimo) 18 alunos (máximo).

Duração

1h30m

Inscrição

Graça Gomes

Trabalha desde 1988 em cinema de animação nas áreas de publicidade e curtas-metragens de animação, colaborando com diversos estúdios e produtoras (Opticalprint, Pixel e Tintas, Animais, Ao Romper da Bela Aurora, Cão Amarelo, Animanostra, Alfândega Filmes e Filmógrafo). Realizou vários filmes didáticos de animação para as séries televisivas Rua Sésamo e Jardim da Celeste. Entre 1993\2001 frequentou um estágio profissional de formação Franco-Português em desenho e volume animado e vários «Cartoon Masters» organizados pela associação europeia de Animação. Concluiu, em 2012, a realização da série de cinema de animação “Brincarolas”, projeto da sua autoria, financiado pelo ICA, e colabora com o CCV, como formadora e realizadora das atividades de cinema de animação do projeto CINEMA PARA AS ESCOLAS.