02
a05

maio

Curso

Antropologia Visual

Auditório da Escola Superior de Educação de Viana do Castelo

Autobiografias nas artes, no cinema e nas ciências sociais e humanidades

O curso de antropologia visual terá em cada ano uma sub temática específica. Neste primeiro ano abordaremos questões relacionadas com a pesquisa visual autobiográfica - autobiografias nas artes, no cinema e nas ciências sociais e humanidades. Nos anos seguintes procuraremos dar respostas a questões levantadas nos cursos anteriores.

O curso terá sobretudo uma dimensão prática – o desenvolvimento de boas práticas, mas também o enquadramento teórico dos grandes debates sobre a Antropologia Visual, a Cultura Visual e os Métodos e Técnicas de Pesquisa visual, sonora e audiovisual.

O curso terá uma abordagem interdisciplinar e transdisciplinar em que confluem saberes das áreas das artes e das expressões artísticas, das ciências sociais, do cinema e da antropologia.

Objetivos do curso

• Disponibilizar uma formação de base no campo da Antropologia Visual, entendida no sentido lato e no processo histórico da sua consolidação e na temática específica de cada edição do curso.

• Disponibilizar produções significativas em Antropologia Visual que possam funcional como formas inspiradoras das práticas a desenvolver no curso e para além deste.

• Desenvolver práticas de campo e de produções visuais, sonoras e audiovisual e sua divulgação em eventos nacionais e internacionais e nas redes sociais.

• Questionar as dimensões éticas, estéticas, epistemológicas e políticas das práticas desenvolvidas no trabalho de campo e nas produções realizadas.

Conteúdos

Pesquisa visual, sonora e audiovisual como método e como produto / produção (linguagens).

O autobiográfico como método de pesquisa e produção autobiográfica nas artes, nas ciências sociais, na antropologia e no cinema. Olhar da antropologia (ciências sociais e humanidades) olhar do cinema e das artes.

Trabalho de campo em ciências sociais, humanidades, cinema e artes. A interdisciplinaridade.

Métodos e técnicas de produção visual, sonora e audiovisual. Práticas, Linguagens e Tecnologias.

Local e calendarização

Escola Superior de Educação de Viana do Castelo dias 2, 3, 4 e 5 de maio de 2023

Horário > 09h00 às 12h00 – 14h00 às 17h00

Competência a desenvolver

Competências primárias
• Noções básicas, análise de projetos, avaliação de produções.

Competências avançadas
• Realização de trabalho de campo e concretização de um projeto – produção e divulgação.

Público alvo

Associados da AO NORTE e participantes em projetos da AO NORTE motivados para a temática e natureza do Curso.

Estudantes de graduação e pós-graduação que vejam no curso formas de integrar suas metodologias e conteúdos em trabalhos académicos.

Cineastas documentarista, artista e cientistas sociais motivados para desenvolver as práticas e suas fundamentações em projetos e produções artísticas e culturais.

Meios, tecnologias e preparação prévia

Os participantes no curso deverão ter alguns equipamentos e softwares individuais necessários à realização das atividades:

• Computador portátil com a instalação de software (free) – Audacity - para tratamento do som; Kdenlive - para edição vídeo (compatível com todos os sistemas operativos), Freemind - para estruturar ideias.

• Equipamento de captura de imagem e som (pode ser um telemóvel, uma câmara fotográfica e microfones adequados e compatíveis com os aparelhos).

• Conhecimento básicos de métodos e técnicas de investigação / pesquisa, conhecimento básico dos softwares indicados (tutoriais disponíveis online), conhecimentos básicos de captação de imagem e som.

• Disponibilidade para participar em todas as atividades do curso.

Docentes do curso

Alfonso Palázon Meseguer

Universidade D. Juan Carlos, Madrid

Elsa Lechner

Centro de Estudos Sociais CES – Universidade de Coimbra

Hélder Dias

ESE de Viana do Castelo

José da Silva Ribeiro (coordenador do Curso)

AO NORTE, ID+

Manoela Afonso Rodrigues

NuPAA / UFG

Inscrição

Participação gratuita, mas sujeita a inscrição prévia até 20 de abril de 2023.

Envie e-mail para ao-norte@nortenet.pt com os seguintes dados:

Nome completo, telemóvel e profissão. Se é estudante indique o curso e escola/universidade.

Alfonso Palazón Meseguer

Doutor e Bacharel em Ciências da Informação pela Universidade Complutense. Prémio Internacional Aurélio Paz dos Reis 2016. Professor de Comunicação Audiovisual da Faculdade de Ciências da Comunicação da Universidade Rey Juan Carlos. Ministra cursos de Produção Audiovisual: Cinema e Televisão. Pesquisador principal do Grupo Intermedia, grupo de pesquisa em comunicação transmídia. Trabalhou em diversos projetos audiovisuais como diretor, produtor e roteirista. Dirigiu os documentários: Senegal. Notas de uma viagem. 07 de julho (2007), Sunuy Aduna (Nossas vidas) 2009, Vinte anos dando vida aos dias (2012) e Ouvindo o vento (2013), selecionados para o Festival de Valladolid (Seminci 2013). Juan Brito: Tâmia (2019). Coprodutora do projeto transmídia La primavera rosa. Diretor, produtor e roteirista do webdoc Espejismos (2022).

Alfonso Palázon Meseguer

Elsa Lechner

Doutorada em Antropologia Social pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (2003) é Investigadora associada do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Foi Fulbright Visiting Scholar nas Universidades de Rutgers e Brown, EUA (2014/15) com um projeto de pesquisa biográfica entre portugueses de New Jersey. Co-coordenadora do Núcleo das Humanidades, Migrações, e Estudos para a Paz do CES e membro do CC do CES (2010- 2014), Investigadora Auxiliar no CES (2009-2014), Investigadora Principal no CES (2014-2019). Foi bolseira de pós-doutoramento da FCT no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa e no ISCTE (2003-2009). A sua pesquisa incide sobre processos identitários em contextos migratórios, relações interculturais, pesquisa biográfica, sofrimento e resiliência dos migrantes, emigração portuguesa e imigração em Portugal, e práticas de inclusão/participação. Coordenadora de um projeto Gulbenkian sobre histórias, memórias e inovação na emigração portuguesa, em articulação com o Museu da Pessoa (São Paulo), Departamento de Estudos Portugueses da Universidade de Paris X-Nanterre, Universidade de Berkeley, e Universidade de Rutgers-Newark. Autora de vários artigos nacionais e estrangeiros sobre pesquisa biográfica no estudo das migrações. Atualmente desenvolve atividades de articulação entre a investigação biográfica, saúde, arte, e cultura.

elsa lechner

Hélder Dias

Hélder Dias

José da Silva Ribeiro

Licenciado (graduado) em Filosofia pela Universidade do Porto (1976), graduação em Cine Vídeo pela Escola Superior Artística do Porto (1989), mestre em Comunicação Educacional Multimédia pela Universidade Aberta de Portugal (1993) e doutorado em Ciências Sociais - Antropologia pela Universidade Aberta de Portugal (1998). Foi professor da Universidade Aberta de Portugal. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Visual, atuando principalmente nos seguintes temas: antropologia visual, antropologia digital, cinema, métodos de investigação em antropologia, interculturalidade e cultura afro-atlântica. Tem realizado trabalho de campo em Portugal, Cabo Verde, Brasil, Argentina e Cuba. Coordenou a Rede Internacional de Cooperação Científica Imagens da Cultura / Cultura das Imagens. Professor visitante da Universidade Mackenzie (Educação, Arte e História da Cultura), da UECE, da UCDJB, da Universidade de Múrcia - Espanha (ERASMUS) e da Universidade de Savoie - França, Universidade de S. Paulo. Entre 2016 e 2019 foi professor visitante da Universidade Federal de Goiás - Faculdade de Artes Visuais e Faculdade de Ciências Sociais. Coordena o Grupo Estudos de Cinema e Narrativas Digitais na AO NORTE - Associação de Produção e Animação Audiovisual e colabora com outros projetos desta Associação. Colabora com diversas Revistas Científicas, Festivais de Cinema, Grupos e Redes de Pesquisa/investigação.

José da Silva Ribeiro

Manoela Afonso Rodrigues

Professora Adjunta da Faculdade de Artes Visuais (FAV) da Universidade Federal de Goiás (UFG). Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual da FAV/UFG, vinculada à linha de pesquisa Poéticas Artísticas e Processos de Criação. Líder do grupo de pesquisa Núcleo de Práticas Artísticas Autobiográficas (NuPAA) e Coordenadora do Grupo de Estudos de Metodologias, Métodos e Abordagens da Pesquisa em Arte (GEMMA). Presidente da ANPAP. Pertença institucional: Programa de Pós-Graduação em Arte e Cultura Visual, Faculdade de Artes Visuais, UFG.

manoela afonso rodrigues